>
Novelas

Cássia sofre com bullying na escola e separação conturbada dos pais

Cássia sofre com bullying na escola e separação conturbada dos pais


Cássia. Foto – Globo.

Cássia (Mel Maia) sofrerá bastante em breve em A Dona do Pedaço com a separação litigiosa dos pais e o bullying que sofre na escola. Pelo menos ela pode contar com Carlito (João Gabriel D’Aleluia) que passa a estudar em seu colégio.

Sua mãe é dura e deixa bem claro que não tem mais nada com o pai da garota: “Disse… coisas desencontradas, não entendi muito bem… mas tenho certeza, mãe. Cássia, acabou… eu achava que meu casamento… ia durar até o fim da vida… e de repente, de uma hora para outra… meu marido vai embora. Ainda não consigo acreditar”.

“Mas ele diz que vem me ver. Não vem?”, pergunta a jovem, que ouve da mãe que não sabe mais o que esperar do pai dela. Eis que sua avó, Gladys (Nathália Timberg), comenta que já imaginava que Agno daria um golpe para ficar com a maior parte do dinheiro, o que deixa a filha do empresário ainda mais chateada e confusa.

“Por que o meu pai ia fazer isso? Ele tem mesmo outra?”, pergunta a jovem. Lyris segue sendo dura e profere: “Cássia, querida, não sei, não sei… mas essa separação… obviamente seu pai planejou tudo. Talvez seja uma mulher má que envenenou a cabeça dele”.

Enquanto isso, em seu flat, Agno sente-se vitorioso por ter largado Lyris, entra num site de garotos de programa, e escolhe um. “Alô? Golden Boy? Vi sua foto no site. Quer me fazer uma visitinha? Vou dar o endereço”, diz ele ao telefone, sem nem imaginar pelo que a filha passa.

CÁSSIA FALA COM O PAI:

Muito decidido a sair de casa, ele grita por Cássia (Mel Maia), que vai até a sala e recebe a notícia da separação dos pais. “Vou ficar num flat, mas depois volto para cá… Ou vou para outro apartamento. Mas, filha, quero que fique comigo. Que more comigo. Cássia, diga… prefere morar com sua mãe ou comigo? Escolha!”.

FILHA DE AGNO SOFRE

A jovem então escolhe morar com a mãe e diz que o pai está sempre a negligenciando. “Pai, eu deito… fico acordada, esperando você chegar… Às vezes cê chega depois de eu dormir. Mas outras não… Eu ouço seus passos… ouço seus movimentos… e fico esperando… me perguntando… será que ele vai lembrar que tem uma filha? Será que ele vem me dar um beijo? […] Eu imagino o que seria morar com você. Eu vou ficar o tempo todo sozinha não é? E vou te ver quando, pai? Uma vez por semana?”.

Tocado, Agno pede um abraço à filha e deixa a casa. Com informações do Observatório da TV.



Source link

Mais populares

To Top
%d blogueiros gostam disto: